Contexto SAGRADAS ESCRITURAS, 06.ago.2017, João 6

Disse-lhes pois JESUS: Na verdade, na verdade vos digo: Moisés não vos deu o pão do céu;
mas Meu PAI vos dá o verdadeiro pão do céu.
[Êxodo 16.4,8; Salmos 78.23; João 1.9; 6.33,35]
Porque o pão de DEUS é aquELE que desce do céu e dá vida ao mundo.
Porque faz que o Seu sol se levante sobre maus e bons, e a chuva desça sobre justos e injustos.
[João 6.50; 1João 1.1-2]
Disseram-lhe pois: SENHOR, dá-nos sempre desse pão.[João 4.15; Salmos 4.6]
E JESUS lhes disse: EU SOU o pão da vida; aquele que vem a MIM não terá fome;
e quem crê em MIM nunca terá sede.
[Mateus 11.28; João 5.40; 6.41; Apocalipse 7.16; Isaías 49.10; 55.1-3]

[124,915]

abril 14, 2017


Nação de tolos úteis... sementes que caíram no espinho


Contexto bíblico: Mateus 13

"E o que foi semeado entre espinhos é o que ouve a palavra, mas os cuidados deste mundo, e a sedução das riquezas sufocam a Palavra, e fica infrutífera;"

O escapismo religioso caracteriza o homem, pecador, com relação a DEUS e principalmente à Sua vontade.

E ir indo ao templo, a igreja instituição, é o homem fingindo que vai ao encontro de DEUS - em outro lugar, porque na verdade não quer que ELE faça parte de sua vida, que desarranje seus planos, que denuncie seus erros. É o homem fingindo que vai congregar com o irmão, com quem também não deseja muito envolvimento, apenas um ajuntamento que fortaleça sua "fé". É o homem cumprindo meramente a letra para dizer: "eu fiz como estava escrito".

Mas não entendeu nada, e banalizou o que leu!!

Acontece que para o entendimento e amadurecimento fomos chamados, e não é seu amor por formas e ritos iniciais que vai mudar isso, como não é sua timidez e covardia em não ultrapassar o que foi escrito que vai torná-lo inocente.

Outro motivo é que, como todo genérico, a mera prática religiosa requer muito menos sacrifício.

Afinal, é muito mais fácil levar alguém para "ouvir uma palavra" dita por outra pessoa, em um lugar alheio, cheio de gente, do que "botar a mão na massa". Mais fácil chamar de "irmão" do que agir como tal, mais fácil dizer "a paz do Senhor" do que ajudar a estabelecer a paz.

A paz que vem da Verdade, não da ausência de discussão, quando esta for necessária.

  • É mais fácil "pregar" que ouvir a dúvida do outro e responder a razão de sua fé.
  • Mais fácil levar para o templo, a igreja instituição, que andar algumas milhas com alguém.
  • Mais fácil cantar do que adorar.
  • Mais fácil se firmar em números, letra e lógica do que confiar no ESPÍRITO.
  • Mais fácil crer no meio de um um monte de gente que ter fé de que nunca está sozinho.
  • Mais fácil cultuar por algumas horas em algum lugar do que ser local de culto, na vida.

Muito mais fácil tagarelar sobre DEUS do que ficar em silêncio com ELE, sozinho, ouvindo tudo o que você tem que abandonar porque não passam de facilidades adotadas por pura conveniência carnal e religiosa.


Porque dELE e por ELE, e para ELE, são todas as coisas; glória pois, a DEUS eternamente;
Nos interesses da Igreja que CRISTO edificou. Amém.

Compilação, [114,030]

10 comentários:

Izabel disse...

Com certeza é muito mais fácil seguir ritos, ainda que se negue até a morte que são ritos aquilo que segue; do que viver. Viver Cristo é simples e ao mesmo tempo extremamente difícil. Exige muito de nossa humanidade que é sempre inclinada ao erro, o egocentrismo.

Se puder me responda uma coisa. E de ante mão me perdoe se minha pergunta for tola. Você continua acreditando que é necessário o ato de “aceitar Jesus” formalmente como conhecemos?
E mais, o que pensa a respeito do que ficou conhecido como universalismo? Ou seja, que no final todos serão salvos, de um jeito ou de outro.

DESIGREJADOS™ disse...

.

Graça e paz e amor vos sejam, Izabel.

Sem duvida, vc disse o concerne da questão: a simplicidade de se servir a CRISTO, sem rituais, dogmas, sofismas, crendices, mas, na complexidade de se entender que devemos morrer para nossa vida terrena.

Quanto ao seu questionamento:

- “aceitar Jesus” formalmente... nunca concordei com esta maneira terrena dos lideres religiosos nesta questão do “aceitar Jesus”, afinal, querer a CRISTO e a Sua salvação não subsiste em formalismo, mas sim, no quebrantamento, no arrependimento, mesmo por que, o que se fazem para o “aceitar Jesus” é uma coisa muito superficial, emocional e não espiritual.

- universalismo?... também não concordo, mesmo por que, DEUS é Justiça, Justo, e se muitos se esforçam para entrar no Reino de DEUS e outros nem se importam, por que todos receberiam a salvação?? Entendo que não há lógica divina nesta preposição "universalista".

DEUS a abençoe por sua amável visita.

.

Izabel disse...

Muito obrigada por me responder.
Abraços

Joel Antiqueira disse...

“... não julgueis e não sereis julgados"? Podemos ou devemos julgar?
“Tem sido cada vez mais comum ouvir pessoas dizendo que não devemos “julgar”: ELES julguem e não sereis julgados” é uma das frases preferidas de pessoas que não gostam de reconhecer erros, ou que tentam justificá-los. Mas afinal de contas o que as escrituras nos ensinam acerca disto? Devemos tolerar em nossos meio membros que se recusam mudar? Devemos fechar os olhos diante do que é errado em nossas congregação?

MATEUS 7-+1A6+ A PALAV USADA senhor Jesus Cristo em “não julgueis” é a palavra “krino” do grego que significa – separar, escolher, selecionar, determinar e pronunciar julgamento,principalmente se estivermos nas mesmas condições de quem fizermos juízo. Já na língua portuguesa a palavra “julgar” vem do latim judicare v. tr., decidir como juiz ou árbitro; sentenciar; entender; avaliar; formar juízo; lavrar ou pronunciar sentenças; apreciar; v. int., formar opinião, conceito a respeito de pessoa ou coisa; ajuizar; v. refl., supor-se; crer-se. Fica claro que o que Jesus nos ensina não é deixar de analisar as coisas e sim dar uma sentença condenatória.
Em Mateus 18 o Senhor nos acrescenta algo sobre tal questão:
5 Ora, se teu irmão pecar contra ti, vai, e repreende-o entre ti e ele só; se te ouvir, ganhaste a teu irmão; 16 Mas, se não te ouvir, leva ainda contigo um ou dois, para que pela boca de duas ou três testemunhas toda a palavra seja confirmada. 17 E, se não as escutar, dize-o à igreja; e, se também não escutar a igreja, considera-o como um gentio e publicando.

Cristiana Salvador disse...

Boa noite!
Estou acompanhando o seu blog, me identifico muito com td que é discutido aqui e gosto muito do jeito simples que são explicados os textos...
Por favor, me diga como faço para entender a bíblia? Já tentei ler várias vezes, mas não consigo entender nada. Poderia me indicar algum curso online ou livro que explique melhor as passagens, o que querem dizer é o que tem haver com os dias de hj?!!
Muito obrigada pela atenção!
Cristiana.

Cristiana Salvador disse...

Boa noite!
Estou acompanhando as postagens aqui do blog e gosto muito da forma simples que os textos são explicados, fácil de entender!
Por favor, poderia me ajudar, não consigo entender a bíblia. Já tentei ler várias vezes mas não consigo entender nada. Sabe me dizer se existe algum curso online ou livro sem vínculo religioso, que explique melhor as passagens, o que elas querem dizer é o que tem haver com os dias de hj?!!!
Muito obrigada pela atenção!!

Cristiana Salvador disse...

Boa noite!
Estou acompanhando as postagens aqui do blog e gosto muito da forma simples que os textos são explicados, fácil de entender!
Por favor, poderia me ajudar, não consigo entender a bíblia. Já tentei ler várias vezes mas não consigo entender nada. Sabe me dizer se existe algum curso online ou livro sem vínculo religioso, que explique melhor as passagens, o que elas querem dizer é o que tem haver com os dias de hj?!!!
Muito obrigada pela atenção!!

DESIGREJADOS™ disse...


Graça e paz e amor vos sejam Cristiana Salvador.

Suas duvidas são costumeiras a todos os que buscam a DEUS, postei uma nova discussão, e espero que de alguma forma possa atender ao seu pedido.

E tenha certeza, o ESPÍRITO SANTO sempre será quem nos dará entendimento de DEUS, ninguém mais.

DEUS te abençoe.

João Pedro disse...

Oi meu irmão, tudo bem, eu tive visitando seu blog e pode notar que você se denomina um desigrejado, e busquei entender o porquê de você ter tomado essa decisão, e eu quero compartilha algo com você se assim você permitir, em meio ao pouco entendimento que tenho. Sabemos que desde o tempo de Moisés o povo de Israel já viviam reunidos como uma congregação pois o homem sempre teve essa necessidade de conviver com aqueles que compartilham da mesma fé, onde, no meio dessa congregação existia um santuário em que o Senhor ordenou a construção para que Ele habita-se no meio deles (Êxodo 25,8) e para que o culto se centraliza-se ali, tempos depois ouve a construção do templo de Salomão e mais tarde a vinda o nosso Senhor Jesus, em que, não mais a presença de Deus habitava em tenda ou templo feitas por mão humanas, mais dentro de cada um de nós, mas mesmo assim havendo a necessidade dessa comunhão entre irmão, pois o próprio Cristo frequentava constantemente as sinagogas para pregar, e Ele próprio nós mostra a importância de participar de uma congregação de forma indireta lá em Mateus 18:15-17. Sabemos que hoje o evangélico é chegado a nós primeiramente graças a Deus, e em segundo pela pregação da igreja primitiva que foi grandemente perseguida, por imperadores romanos, governadores, igreja, sim igreja (nome não convém) entre outros. Se reunindo em locais secretos para a adoração a Deus e para a pregação da palavra onde muitos mesmos assim morreram cruelmente, no coliseu, em arenas, queimados, de forma que não sei se suportaria. Mas essa perseguição não vem de homens como está escrito lá em apocalipse mais se de nosso maior inimigo, que tenta tragar a todos a cada dia, mas não consegue, porque o nosso Senhor é Maior. De lá para cá ele tem mudado as suas estratégias para tiramos da vontade de Deus, onde a luta não tem mais sido persegui e matar o cristão, pós quanto mais se matava mais crescia o número de convertidos (Igualmente no Egito) pelo menos em algumas partes do mundo, mais sim, passando a implantar no meio do trigo o joio, para tirar os escolhidos, Jesus comenta isso em (Mateus 13: 24-30). Mas porquê? Porque a igreja é o corpo de cristo e quando um está fora desse corpo consequentemente uma parte do membro também está (1 Coríntios 12:27), pois é o corpo de cristo a igreja (no NT, ´´igreja`` traduz a palavra grega ekklēsia, onde no grego secular, designava uma assembleia pública). Não podemos olhar para o homem pois ele é falho e pecado e Jesus não chamou eu e você para olhar para a criatura, mais sim para o Criador, pois temos que tomar cuidado, já que a gente fala o que está cheio o coração, temos que lembra que tudo isso é passageiro e todos nós iremos da conta do nosso próprios erros e falhas, não cabe a nós julgar (a palavra julgar tem diversas definições), porque o reto Juiz é o Senhor, louvo a Deus pelo conhecimento que o irmão tem, e te peço que receba essa breve mensagem que te envio não como uma ataque aquilo que você acredita, mas um ponto de vista meu acerca de sua decisão, pois se formos ver nas escrituras não podemos afirmar em momento nenhum que elas nós orienta a não congregar, vemos isso em Atos, com os irmão se reunindo em Atos 2, nas cartas de Paulo, e as 7 igrejas no livro de apocalipse onde foram enviada cartaz não escrita mas direcionada pelo próprio Cristo Jesus em seu resplendor. Lembremos que devido um, todos pagam, que ainda existem homens e mulheres que não se curvaram a baal (e suas doutrinas) nem todos são iguais, existe ainda pregadores, administradores de uma congregação ou instituição religiosa que buscam constantemente serem fieis a Palavra Verdadeira, pois é através delas que o Senhor tem usado, para acolher pessoas em situações de vulnerabilidade, nas próprias congregações como fora, levando assistência social e espiritual em lugares onde o governo não chega. Te agradeço desde já por ter recebido essa ´´curta mensagem``, e busquemos entender que a escritura está acima da nossa compreensão. Obrigado!

DESIGREJADOS™ disse...

Olá, João Pedro,

• Pois é, sim, sou um “desigrejado”, e tenho buscado constantemente o entendimento da Palavra de DEUS, e assim não permitir que as agruras e as dificuldades da vida me venham desanimar desta caminhada maravilhosa que é viver em espírito e em verdade...

• Diante sua “curta mensagem”, notei que estás fazendo confusão com o termo “congregação” de DEUS, haja visto que, tal termo não significa um local, mas a reunião dos professos em CRISTO; os quais estão distribuídos, aqui e acolá, no Brasil, na China, na Arábia, enfim, pelos quatros cantos do mundo, porquanto, impossível que estejam num só lugar, a não ser nos céus diante esplendor do SENHOR, mesmo por que, sua mensagem diz respeito a que devemos (como obrigatoriedade) de estar num lugar, que chama de “congregação evangélica” ou “instituição religiosa”, portanto, impossível de estar todos os servos de DEUS nesta vida em um só lugar...

• ... e é neste sentido que digo ser “desigrejado”, pois quê, não entendo a necessidade e muito menos a obrigatoriedade de se servir a DEUS ter de estar em um lugar chamado “congregação evangélica” ou “instituição religiosa”, e sem dúvida alguma para realizarmos “assistência social e espiritual em lugares onde o governo não chega” jamais foi “somente” necessário tais instituições, faça-se conforme a alegria do coração, e para tais realizações, mesmo sendo “desigrejados”, também o fazemos.

• Sobre o diabo, que vc quer aludir como “nosso inimigo”, tenho certeza que sim, quer nos separar de DEUS, entretanto, não se esqueça que as obras da carne, que não tem operação dele, também nos afasta do SENHOR [Gálatas 5].

• Enfim, sim, os “desigrejados” somos pertencentes a “Ekklēsia” de CRISTO, participantes do corpo do SENHOR, independente de ser ou estar nesta ou naquela “congregação evangélica” ou “instituição religiosa”.

• Obrigado por sua participação.

Marcadores

2013 (1) 2014 (1) 25 de dezembro (2) 613 preceitos (1) Abraão (1) Abrão (1) aC (1) Agar (1) Água (1) Ajudadora (1) Alegoria (1) Alianças (5) Alodoxafobia (1) Altar (2) ALTÍSSIMO (1) Alzheimer (1) Amor (3) Amor de Cristo (1) Anorexia Religiosa (1) Antiga Aliança (6) Antigo Testamento (1) Apofenia (1) Apóstolos (2) Arminianos (1) Arrependimento (1) Assalto (1) Autoridade (2) Bancos (1) Barganha (2) Batismo (2) BBB (1) Bebedeira (1) Benesses (2) Beréia (1) Bezerros de Ouro (1) Bíblia (8) Bispas (1) Bispos (2) Brumália (1) Bullying (1) Cabeça (1) Cabresto (2) Cadeia (1) Calvinistas (1) Campanhas (2) Cárcere (1) Cargos hierárquicos (1) Carlos Henrique Abrão (1) Cartilha (1) Casa de DEUS (1) Casas (1) Católica (2) Catolicismo (1) Católicos (11) Ceia (1) Censo 2010 (1) Céus (1) Choramingões (1) Ciência (1) Clero (1) Cobertura Espiritual (4) Código Civil (1) Comércio (1) Comilança (1) Comunhão (2) Concílio de Nicéia (1) Congregação (18) Congregações (4) Congregar (8) Conhecimento (6) Construções (1) Contextualização (1) Contribuições (1) Convencidos (2) Convencimento (2) Conversão (2) Convertidos (2) Coração (1) CORDEIRO de DEUS (3) Corpo de Cristo (1) Correntes (1) Corrupto de Entendimento (1) Costumes (1) Crendice (14) Crendices (62) Crente (5) Crentes (88) CRIADOR (1) Cristianismo (4) Cristo (2) Criticar (1) Cruz (1) Culto (1) Cultos (1) D'us (1) dC (1) Déjà Vu (1) Denominação (1) Denominações (5) Desafio (1) Desembargador (1) Desigrejado (6) Desigrejados (71) Desigrejar (3) Desviado (1) Desviados (2) Deus (5) Dia (2) Dia das Mães (1) Dinheiro (1) Direitos Autorais (1) Discípulo (1) Divindade (1) Dizimista (1) Dízimos (25) Dogma (22) Dogmas (13) Dons (1) Dores (1) Doutores (1) Doutrina de Cristo (4) Doutrina dos homens (5) Doutrinas (3) Dúvidas (1) Edir Macedo (1) Efésios 4.11 (2) Ekklēsia (10) Encontro Social (1) Energia (1) Engano (8) Enganos (1) Engodo (2) Enriquecer (1) Ensino (3) Ensino Religioso (3) Entendimento (9) Episcopado (1) Equívocos (1) Erro (1) Escravidão (1) Escribas (1) Escrituras (1) Espelho (1) Espíritas (2) Espírito Santo (3) Essek William (1) Estudos (2) Eterna (1) Eucaristia (1) Evangelho (4) Evangélico (3) Evangélicos (131) Evangelização (1) Expiação (1) Fábulas (1) Falsidade (1) Família (1) Fanfarrão (1) Fariseus (1) Farra (2) (1) Festa dos Tabernáculos (1) Feudos (1) FGV (1) Fiéis (1) Filosofia (2) Finanças (1) Fogo (1) Formalismo (1) Fraude (1) Frutos (1) Fundamentalismo (2) Ganância (1) Gentios (1) Globo (1) Glória (2) Gospel (2) Graça (2) Hebreus 10.25 (1) Hebreus 13.17 (1) Hebreus 13.7 (1) Hipocrisia (2) História (1) Homem (1) Honra (2) Humildade (1) IBGE (1) ICAR (4) Idioscópico (1) Idiotização Coletiva (2) Igreja (29) Igreja de Cristo (10) Igreja Denominacional (1) Igreja Física (4) Igreja Institucional (12) Igreja Instituição (88) Igreja local (1) Igreja no Lar (6) Igreja Perfeita (1) Igreja Regular (1) Igrejado (1) Igrejas (9) Igrejas Evangélicas (7) Igrejas nos Lares (1) Igrejolas (5) Igrejotas (1) Imunidade tributária (1) Inimigos (1) Instituição (1) Instituições Religiosas (19) Inteligência (1) Interpretação (1) Invenção (1) Ira (1) (1) João Batista (1) João Ferreira de Almeida (1) Judas (1) Julgar (1) Justiça (1) Justificação (1) Laço (1) Lacraias religiosas (1) Ladrão (1) Lar (1) Legalismo (2) Lei Mosaica (1) Liberdade (2) Libertinagem (1) Lideranças Eclesiásticas (15) Lideres Religiosos (3) Liturgia (2) Livros (1) Lobos (1) Lugar Apelidado de igreja (3) Luteranos (1) Luz (1) Mãe (1) Malafaia (1) Males (1) Mamom (1) Mamon (1) Manipulação (1) Martinho Lutero (1) Mediador (1) Medo (2) Membros (1) Meninos na Fé (2) Mentira (7) Mentiras (19) Mercenário (1) Milagres (1) Missionários (2) Morte (1) Mulher (1) Murmuração (1) Música (1) Nascediço (1) Nascimento (1) Natal (5) Natalis Invicti Solis (1) Neotestamentário (1) Nicar (1) Nomes e Placas (1) Normas (1) Nova Aliança (5) Obediência (1) obreiros (1) Obstáculo (1) Ofertas (6) Oportunistas (1) Oração (1) Organização (1) Ovelhas (1) Paganismo (1) Palavra (1) Palavra de Deus (3) Pão da Vergonha (1) Pão do Céu (1) Papai Noel (1) Pareidolia (1) Páscoa Católica (1) Pastor (2) Pastores (11) Paz (1) Pecado (1) Pecúlio (1) Pentecostais (2) PhD (1) Placas (1) Pobres (2) Prédios (1) Presbiterianos (1) Presentes (1) Prioridade (1) Prisão (1) Prodígios (1) Profano (2) Profetas (1) Protestantes (2) Psicanálise (1) Psicopatologia (1) Púlpitos (1) R.R. Soares (1) Reconciliação (1) Record (1) Reembolso (1) Reforma (1) Reformados (1) Regras (1) Religião (1) Religiões (6) Religiosidade (5) Religiosos (6) Reuniões (2) Reuniõres (1) Riquezas (1) Rituais (1) Ritual (1) Roubo (1) Sabedoria (4) Sacerdócio (2) Salvação (2) Santa Ceia (1) santidade (2) Santidade Mórbida (2) Santificação (3) Sara (1) Sarai (1) Saturnália (1) Secular (1) Semente (1) Servos (2) Silas Malafaia (1) Simpatia (1) Sinais (1) Sistema Religioso (5) Sistematização (1) Sites (1) Sofisma (47) Sofismas (2) Sofismo (1) Templo (3) Templos (12) Teologia (7) Teologia da Prosperidade (1) Teologias (1) Títulos (1) Títulos Eclesiásticos (2) Tolerância (1) Tolices (1) Tradições (6) Traduções (1) Unção (1) Ungidos (1) União (1) Usos (1) Valdemiro Santiago (1) Verdade (28) Verdade Histórica (1) Verdades (1) Vida (2) Vida Eterna (3) Vitória em Cristo (1) Vitória Financeira (1) Zombar (1)