Contexto SAGRADAS ESCRITURAS, 15.jan.2017, Jeremias 27

Porque assim diz o SENHOR dos Exércitos acerca das colunas, e do mar, e das bases, e dos demais utensílios que ficaram na cidade,
[2Reis 25.13, 17; Jeremias 52.17-23; 1Reis 7.15-22]
os quais Nabucodonosor, rei de Babilônia, não levou, quando transportou de Jerusalém para Babilônia a Jeconias, filho de Jeoaquim, rei de Judá, como também a todos os nobres de Judá e de Jerusalém;
[Jeremias 24.1; 2Crônicas 36.10,18; 2Reis 24.14-16]
Assim, pois, diz o SENHOR dos Exércitos, o DEUS de Israel, acerca dos utensílios que ficaram na casa do SENHOR, e na casa do rei de Judá, e em Jerusalém:
À Babilônia serão levados, e ali ficarão até o dia em que eu os visitarei, diz o SENHOR; então os farei subir, e os tornarei a trazer a este lugar.
[Jeremias 29.10; 32.5; Esdras 7.19; 1.11]

[94,235]


janeiro 15, 2017


O nascediço do Espírito, não de instituições de homens!!

[94,280]

Contexto bíblico Atos 5:

"Porém, respondendo Pedro e os apóstolos, disseram: Mais importa obedecer a DEUS do que aos homens."

O nascediço é aquele que está nascendo, e a Palavra de JESUS requer: "Na verdade, na verdade te digo que aquele que não nascer de novo, não pode ver o reino de DEUS" [João 3].

E neste limiar está uma questão que muito tem afligido as pessoas na busca da verdade, na busca de DEUS, do CRISTO, por que influenciadas por outras sem entendimento, mas cheias de conhecimento institucional da religiosidade, amontoadas de papiros teológicos, as fazem migrar para a igreja instituição.

E aí está o problema, o frequentar de uma das igrejas instituições (denominações, congregações religiosas, igrejas evangélicas, católica) e serem alvo, manipulados, aliciados pelas lideranças eclesiásticas e suas crendices teológicas, sofismas, dogmas, doutrinas e tradições de homens, que a Palavra de DEUS [contida na Bíblia] tanto nos tem precavido de seus males, e assim, nos advertindo para que sejamos livres destes homens dissolutos e maus; porque a fé não é de todos [2 Tessalonicenses 3].

Porque, deixando o mandamento de DEUS, lideranças religiosas retêm a tradição das doutrinas das denominações [Marcos 7] fazendo presas suas, por meio de filosofias e vãs sutilezas, segundo a tradição dos homens, segundo os rudimentos do mundo, e não segundo CRISTO; [Colossenses 2] com fábulas judaicas inseridas ao contexto do evangelho para salvação, aos mandamentos de homens que se desviam da verdade [Tito 1], invalidando assim a Palavra de DEUS por estas tradições que ordenam, e muitas coisas fazem semelhantes a estas [Marcos 7], sendo extremamente zelosos das doutrinas esdruxulas das igrejas.

Não que digo que o problema está nas pessoas na instituição em si, mesmo por que, o problema vai mais além do que o simples fato de se reunir para, uma possível, adoração, uma comunhão do que se diz conhecer, do amor ao próximo de dentro.

Mesmo por que, a religião denominada evangélica, também, chamada cristã, tem suas origens no cristianismo, na fundamentação protestante, ou, a reforma do catolicismo; porquanto na idade média, católicos inconformados, tornaram-se os protestantes, e reformaram, deram uma nova roupagem à religião católica [ICAR ], e assim, posteriormente se denominando evangélicos;

Portanto, esta é a roupagem dada pela reforma protestante a igreja católica, mesmo porque, qualquer semelhança será mera coincidência (que na realidade bíblica, é conveniência proposital, uma reformada mais fácil):

  • A ICAR tem padres, as evangélicas os seus pastores, bispos, apóstolos, missionários, lideres eclesiásticos, em que ambas os tratam como únicos sacerdotes
  • A ICAR realiza missas, as evangélicas cultos
  • A ICAR faz missa campal, as evangélicos culto ao ar livre
  • A ICAR apregoa sermão, as evangélicas tem pregação
  • Na ICAR é eucaristia, nas evangélicas a ceia
  • A ICAR tem hóstia e vinho (para o padre), as evangélicas usam pão francês e suco uva
  • A ICAR cria seus discípulos no catecismo, as evangélicas pela escola dominical
  • Na ICAR tem altar, nas evangélicas o púlpito
  • Os da ICAR idolatram imagens, evangélicos aos pregadores, às denominações, aos templos, as relíquias do Antigo Estamento, as vestimentas
  • Na ICAR se molha na água benta, as evangélicas tem água ungida
  • A ICAR faz quermesse, as evangélicas em festividade
  • Entoam na ICAR os cânticos, evangélicos com seus louvores de músicas
  • A ICAR tem fiéis, as evangélicas membros
  • Na ICAR há madres, nas evangélicas o grupo de irmãs
  • Os da ICAR vão anunciar na paróquia, os evangélicos no campo
  • Trajam na ICAR a batina, os evangélicos terno/gravata
  • Santificaram, ambas, por si mesmos o altar/púlpito, a eucaristia/ceia e os templos.

E, nestes pormenores, em DETALHES, nas MINÚCIAS, por PARTICULARIDADES, não querem nem mudar a terminologia, antes preferem a semelhança para no caso do êxodo religioso (de católico para evangélico ou vise-versa), os abestalhados continuaram a frequentá-las; que tanto a ICAR, como as evangélicas, comemoram uma páscoa de chocolate e um natal pagão, ambos fora do contexto da verdade bíblica.

E o que não poderia deixar de ser, ambas as instituições religiosas se corroboram no mesmo ideal, o financiamento de suas estruturas e de seus representantes através de seus tolos frequentadores, em dinheiro, os famigerados dízimos (maasser) e ofertas!!

Mas, mesmo que você não concorde com esta verdade apresentada, DEUS está procurando adoradores, que O adorem em espírito e em verdade, quer queira ou não, quer seu pastor/padre/guru/chefe/cacique ensine ou não!!

DEUS sempre chamou e chama aos homens, e nos dá coragem e dons para anunciarmos as Suas verdades, nos sobrecarrega de discernimento na verdade de Sua Igreja; que proclamamos as Boas Novas, sem razão e sem lógica eclesiástica, mas pela fé dada aos santos.

Enfim, muitos milhares se furtam em serem coniventes com a falsa adoração, estão engajados em ser comparsas das mentiras teologias, da religiosidade, e se firmam como guerrilheiros nas fronteiras das instituições religiosas, se dizem ir a "igreja" por que precisam de um prédio de tijolos para como tolos abobados, adorarem aos homens em suas invencionices de uma santidade mórbida de seus templos, se sobrecarregam no vitimismo (como alvo dos desigrejados), vivem a falácia ad Hominem, atacam, lançam em descrédito aqueles com o objetivo de mostrar que as suas afirmações são verdadeiramente falsas.



Porque dELE e por ELE, e para ELE, são todas as coisas; glória pois, a DEUS eternamente; nos interesses da Igreja que CRISTO edificou. Amém.

.

janeiro 06, 2017


2017 continua o bom combate, a guerra santa!!

[91,330]

Contexto bíblico João 7:

"Não julgueis segundo a aparência, mas julgai segundo a reta justiça."

Em 2017, não agiremos diferentes, pois quê, não somente pastores (lideranças eclesiásticas) devem ou podem denunciar, criticar pastores, lideres e dirigentes e igrejas instituições, mas nós, desigrejados, continuaremos no bom combate, militaremos com a Verdade a guerra santa [2Timóteo 4; 1Timóteo 1; 1Coríntios 9; Colossenses 3;1Timóteo 6;1Pedro 5;].

Em 2017, não agiremos diferentes, por que como CRISTO há mais de 2000anos, repreendeu os vendilhões no pátio do templo de Herodes [Mateus 21], criticou veemente as lideranças religiosas em o tempo de Seu ministério terreno [Mateus 23que hoje fazem os lideres, assim também, nós, os que buscamos ser imitadores do SENHOR estaremos denunciando, criticando, expondo com a verdade, todas as mazelas teológicas, os erros e enganos, as crendices, os sofismas, aos argumentos capciosos usados pela Palavra de DEUS para enganar, nos dogmas, nas doutrinas e tradições que as lideranças eclesiásticas usam, criam, articulam, forjam e apregoam em púlpitos das igrejas instituições [Marcos 7; Colossenses 2; Tito 1], pelo desacerto do ecumenismo, pela burla do romano cristianismo, a religião que pertence em comum aos católicos e evangélicos.

Porquanto, costumeiro e conforme a sã doutrina de CRISTO, estaremos denunciando que as lideranças das igrejas instituições não são o centro das atenções, não são intocáveis, jamais deveriam ser autoritários, são presunçosos, donos, proprietários e seus comparsas nas igrejas instituições e como sempre, vamos anunciar, denunciar e criticar suas mentiras religiosas, tais quais e tantas outros:
  • da imposição do medo aos dízimos;
  • de que templos e ceia e púlpitos não são santos;
  • que a cobertura espiritual não passa de enganação;
  • que somente pastores e lideres são sacerdotes;
  • da idiotice de que igrejas instituições são obra de DEUS;
  • da obrigatoriedade de ser membro de alguma igreja instituição (denominação);
  • de que somente se tem comunhão se for membro das igrejas instituições.

  • Sim, continuaremos nesta guerra santa até o pescoço, para que este povo, que se diz de DEUS [Romanos 8], abra aos olhos espirituais e possam ser atingidos pela unção do ESPÍRITO SANTO e buscarem a DEUS em espírito e em verdade [João 4], que tenham em seus corações a promessa que ELE nos fez: a vida eterna [1João 2], e parem com as barganhas das quais somente os lideres religiosos se beneficiam em benesses [1Timóteo 6], benefício, ganho recebido sem muito trabalho ou esforço.



    Porque dELE e por ELE, e para ELE, são todas as coisas; glória pois, a DEUS eternamente;
    Nos interesses da Igreja que CRISTO edificou. Amém.

    .

    dezembro 10, 2016


    Comemorar o 'natal' é tradição??!!

    [83,285]


    Quem vive pela verdade, recebe do SENHOR uma ordenança que é vinculada a Sua morte; porquanto, para os de entendimento, constrangidos pelo evangelho da salvação, não há tradição alguma para se comemorar o "natal"; contextos bíblicos:

    "... anunciais a morte do SENHOR, até que venha." [1Coríntios 11]
    e
    "Semelhantemente, tomou o cálice, depois da ceia, dizendo: Este cálice é o novo testamento no Meu sangue, que é derramado por vós." [Lucas 22]


    É cristalino (não cristianismo), notório que testifica as palavras de CRISTO sobre a importância de Sua morte para nós pecadores e a mais pura verdade é que sem duvida alguma JESUS em momento nenhum, em relato nenhum da Palavra de DEUS, nos deu ordenança para comemorar o seu nascimento...

    • mesmo por que, o nascimento do "menino JESUS" não tem tanta relevância quanto a morte deste mesmo JESUS (razão salvífica para nós pecadores), pois quê, o SENHOR subsiste deste a eternidade!

    E muito menos que o nascimento seja uma data fictícia pagã em 25 de dezembro, e há vários estudos que referem-se o nascimento do FILHO de DEUS no fim de setembro ou começo de outubro [link].

    Histórias deste período natalino:

    • A saturnália, festa em homenagem ao deus romano Saturno, ia de 17 a 24 de dezembro. Era uma comemoração alegre, com muita dança, em que ricos e pobres conviviam igualmente, com os senhores servindo os servos, numa inversão de papéis.
    • No dia 25 de dezembro, imediatamente após a saturnália, comemorava-se a brumália, o nascimento do deus-sol, ou "o nascimento do sol invicto"; a data, para eles, no Hemisfério Norte, coincidia com o solstício de inverno, dia "mais curto do ano", com menos horas de luz; a partir do solstício de inverno, as noites começam a diminuir, e os dias a aumentar.
    • Em tempos remotos, os persas também tinham seus deuses inspirados no sol, e comemorações nos dias 24 e 25 de dezembro.
    • No dia que corresponde ao nosso 24 de dezembro, os persas queimavam o seu deus Agni, construído a partir de um tronco de árvore, e colocavam outro, novo, em seu lugar.
    • O dia 25 de dezembro (solstício de inverno, no mesmo Calendário Juliano) era na Roma pagã, desde o tempo do imperador Aureliano (reinou de 270 a 275), consagrado ao natalis solis invicti (natal do sol invencível); era uma festa mitríca (relativa ao culto de Mitras, o espírito da luz divina) do renascimento do Sol.


    Portanto, ao contrário do que muitos acreditam (ou aceitam a crendice), a origem do Natal não está no nascimento de JESUS; a festa natalina tem origem pagã, associada as comemorações como demonstrado, saturnália e brumália e natalis solis invicti.

    A conclusão surpreendente que DEUS nos dá luz, é de que JESUS não nasceu e nem poderia ter nascido em dezembro, nem poderia usar para nascer tais datas de festividade pagã (saturnália romana ou o natalis invicti solis), mas usou uma festa judaica, a Festa dos Tabernáculos, como ocasião para encarnar [João 1].

    • E por que evangélicos em suas igrejas instituições persistem em comemorar este "natal" católico/pagão??
    Simples, as igrejas instituições evangélicas são filhas bastardas da igreja instituição católica (ICAR), qualquer semelhança será mera coincidência ou conveniência proposital para manter a clientela, invalidando a Palavra de DEUS pela suas tradições; e muitas coisas semelhantes a estas fazem [João 7]!!



    Porque dELE e por ELE, e para ELE, são todas as coisas; glória pois, a DEUS eternamente;
    Nos interesses da Igreja que CRISTO edificou. Amém.

    .

    dezembro 03, 2016


    Quando se fala de CRISTO, a verdade anuncia inimigos

    [81,130]


    Contextos bíblicos:

    "Fiz-me acaso vosso inimigo, dizendo a verdade?" [Gálatas 4]

    e

    "E disse Acabe a Elias: Já me achaste, inimigo meu? E ele disse: Achei-te; porquanto já te vendeste para fazeres o que é mau aos olhos do SENHOR." [1Reis 21]

    A mais pura verdade é: a verdade dói!

    Mas eis que muitos criaram uma auto suficiência em maturidade no intuito de esconder a verdade, quando sempre, ignorá-la; tal maturidade como escudo da inverdade, insinua a imaturidade alheia.

    E por aí, a falta de alimento sólido para os que já serem mestres pelo tempo, portam-se maduros para uns fins, e inevitavelmente, imaturos em outros. Paulo referenciou-nos que nem tudo nos convêm, porém, tudo é lícito, e aos da maturidade pela conveniência e imaturos pela falta de que se vos tornem a ensinar os rudimentos das palavras de DEUS; se fazem na maturidade, mas necessitam de leite e não sólido mantimento [Hebreus 5pela imaturidade.

    E quando nos referimos as lideranças eclesiásticas (tais como, pastores, bispos, missionários e afins), quase em sua totalidade, se apresentam com semblante de maturidade, entretanto, pela monomania, ou a mania em que predomina uma ideia fixa como que querendo saber muito em tudo, mas diga-se de passagem, pela postura e compostura que vivem é melhor que não saibam.

    CRISTO nos trouxe liberdade pela cruz [muitos vivem na libertinagem religiosa] e, isto Paulo em muito enfatizou, e nós, assim devemos anunciar esta liberdade em verdade que nos leva a uma vida de autenticidade cristã.

    Muitos não aceitam ouvir, e outros não querem, e para isto as lideranças eclesiásticas anunciam a inverdade, em crendices, vãs filosofias, doutrinas e tradições; e para isto, criaram uma liberdade forjada na mente dos homens; 

    Contra isto, o evangelho de CRISTO que nos outorgou a liberdade, da qual jamais devemos abrir mão, e, hoje, a insensatez de viver um evangelho diluído no contexto mundano, tem achado guarida em milhares de corações que vivem pela sistematização doutrinária do evangelho com a contextualização do Antigo Testamento (a junção da Antiga Aliança no seio da Nova Aliança), criando assim as inverdades anunciadas como doutrina nas igrejas instituições.

    Eis, pois, a questão: 
    A verdade de DEUS anunciada, por que nada é contra a verdade, senão pela verdade [2Coríntios 13], a qual milhares precisam ouvir, e por ela os desigrejados são combatidos pelas lideranças eclesiásticas (geralmente, pastores) que anunciam o que milhares querem ouvir!!

    E qual aquele que tem medo da verdade, qual motivo da verdade incomodar, seria conveniência, teríamos maturidade suficiente em dizer a outrem que não a tem?!


    Porque dELE e por ELE, e para ELE, são todas as coisas; glória pois, a DEUS eternamente;
    Nos interesses da Igreja que CRISTO edificou. Amém.
    .

    novembro 27, 2016


    Milhares estão se afastando das igrejas instituições para chegarem a CRISTO!!!!

    [78,955]


    Em primeiro, antes de dizer que estou blasfemando ou que sou desviado, antes de fazer esse tipo de julgamento, pesquise, estude, medite na Palavra de DEUS [contida na Bíblia]!

    Em segundo, é necessário entender o que é o Antigo Testamento através da Antiga Aliança, e o que é o Novo Testamento pela Nova Aliança; é necessário compreender o que é o povo de DEUS na terra (Israel) e o que é o povo celestial de DEUS, a Igreja.

    Em terceiro, aceitar que DEUS não habita em templos feito por mãos humanas [Atos 7Atos 17], e de fato nem em casas, por que, DEUS habita em pessoas [1Coríntios 3, 1Coríntios 6], e porquanto, a diferença é uma reunião para estudar as Escrituras e edificar a vida um do outro, e, uma reunião nos lugares onde tem uns espertos que recolhem dinheiro e se julgam o sacerdotes e ainda apelidam esses lugares de 'igrejas' e os chama de "casas de DEUS";

    E, se ainda isto não for compreendido, haverá uma grande confusão a respeito no debate à Palavra de DEUS;  é arriscado se alimentar somente do que é ensinado nos templos religiosos através de homens!

    Enquanto os desigrejados, somos hostilizados por anunciar o evangelho para salvação, mais certeza podemos ter de estar no caminho certo. CRISTO e Seus verdadeiros seguidores, foram hostilizados, perseguidos e mortos. Não foram aplaudidos!!

    Os religiosos, lideranças eclesiásticas, em seus mimimis se descabelam, querem nos agredir... a única forma que eles tem de nos criticar é dizerem que estamos criticando a todos que estão nos templos, é a inverdade que usam por não terem argumento contra a verdade!!!

    Os religiosos não se predispõem a mudar de opiniões e atitudes, mesmo que a verdade seja esfregada em suas caras; não sei quem seja pior, as lideranças eclesiásticas que manipulam e distorcem toda Bíblia ou seus seguidores que A têm nas mãos e não leem; somente existirão falsos profetas, por que existirá os trouxas que os sustentam, por que o certo é, de idiotice em idiotice, se faz um exército de ignorantes.

    Tem pessoas que não frequentam nenhum templo, mas agradam a DEUS mais do que as que vivem socadas e sufocadas neles, pois quê, em cada denominação (igrejas instituições) há uma doutrina especifica, lembrando que nos dízimos todas são coesas, uma vez que, é perigoso viver sem ler e meditar na Palavra de DEUS, assim, desta forma, força as pessoas a acreditarem em tudo o que lhes dizem.

    Muitos pastores insinuam que somente nos templos religiosos é que há comunhão, é local de conhecer outros irmãos, mas é bom lembrar que, nas reuniões nos lares, somos grupos pequenos de 10 a 15 pessoas, e, nos templos religiosos das igrejas instituições, chegam a ter até 10mil pessoas.

    Diante isto, o que podemos questionar:

    • Em qual dos dois ambientes, é mais fácil construir relacionamentos em comunhão e até amizades?
    • Em qual dos dois, é mais fácil conhecer todos os irmãos?
    • Em qual dos dois, as pessoas estão realmente interessadas umas nas outras, e se conhecendo, chegar a se amar em CRISTO?
    • Nas reuniões nos lares, sem formalismo, todos podem falar; enquanto na muvuca religiosa nem se conhece quem está ao seu lado.

    O certo é que nem sempre se está em comunhão por estar num templo religioso; nas reuniões nos lares, a pratica da comunhão é simples e verdadeira, e um outro ponto mais que cristalino, nas reuniões nos lares não precisamos de dinheiro para ser aceito e amado!!


    Porque dELE e por ELE, e para ELE, são todas as coisas; glória pois, a DEUS eternamente;
    Nos interesses da Igreja que CRISTO edificou. Amém.

    .

    Marcadores

    2013 (1) 2014 (1) 25 de dezembro (2) 613 preceitos (1) Abraão (1) Abrão (1) aC (1) Agar (1) Ajudadora (1) Alegoria (1) Alianças (5) Alodoxafobia (1) Altar (2) Alzheimer (1) Amor (3) Amor de Cristo (1) Anorexia Religiosa (1) Antiga Aliança (6) Antigo Testamento (1) Apofenia (1) Apóstolos (2) Arminianos (1) Arrependimento (1) Assalto (1) Autoridade (2) Bancos (1) Barganha (2) Batismo (2) BBB (1) Bebedeira (1) Benesses (2) Beréia (1) Bezerros de Ouro (1) Bíblia (6) Bispas (1) Bispos (2) Brumália (1) Bullying (1) Cabeça (1) Cabresto (2) Cadeia (1) Calvinistas (1) Campanhas (2) Cárcere (1) Cargos hierárquicos (1) Carlos Henrique Abrão (1) Cartilha (1) Casa de DEUS (1) Casas (1) Católica (2) Catolicismo (1) Católicos (11) Ceia (1) Censo 2010 (1) Céus (1) Choramingões (1) Ciência (1) Clero (1) Cobertura Espiritual (4) Código Civil (1) Comércio (1) Comilança (1) Comunhão (2) Concílio de Nicéia (1) Congregação (18) Congregações (4) Congregar (7) Conhecimento (5) Construções (1) Contextualização (1) Contribuições (1) Convencidos (2) Convencimento (2) Conversão (2) Convertidos (2) Coração (1) CORDEIRO de DEUS (3) Corpo de Cristo (1) Correntes (1) Costumes (1) Crendice (14) Crendices (60) Crente (5) Crentes (88) Cristianismo (4) Cristo (2) Criticar (1) Cruz (1) Culto (1) Cultos (1) D'us (1) dC (1) Déjà Vu (1) Denominação (1) Denominações (5) Desafio (1) Desembargador (1) Desigrejado (6) Desigrejados (69) Desigrejar (3) Desviado (1) Desviados (2) Deus (4) Dia (2) Dia das Mães (1) Dinheiro (1) Direitos Autorais (1) Discípulo (1) Divindade (1) Dizimista (1) Dízimos (23) Dogma (20) Dogmas (13) Dons (1) Dores (1) Doutores (1) Doutrina de Cristo (4) Doutrina dos homens (5) Doutrinas (2) Dúvidas (1) Edir Macedo (1) Efésios 4.11 (2) Ekklēsia (10) Encontro Social (1) Engano (8) Enganos (1) Engodo (2) Enriquecer (1) Ensino (3) Ensino Religioso (3) Entendimento (8) Episcopado (1) Equívocos (1) Erro (1) Escravidão (1) Escrituras (1) Espelho (1) Espíritas (2) Espírito Santo (3) Essek William (1) Estudos (1) Eterna (1) Evangelho (4) Evangélico (3) Evangélicos (130) Evangelização (1) Expiação (1) Fábulas (1) Falsidade (1) Fanfarrão (1) Farra (2) (1) Festa dos Tabernáculos (1) Feudos (1) FGV (1) Fiéis (1) Filosofia (2) Finanças (1) Fogo (1) Formalismo (1) Fraude (1) Frutos (1) Fundamentalismo (2) Ganância (1) Gentios (1) Globo (1) Glória (2) Gospel (2) Graça (2) Hebreus 10.25 (1) Hebreus 13.17 (1) Hebreus 13.7 (1) Hipocrisia (2) História (1) Homem (1) Honra (2) Humildade (1) IBGE (1) ICAR (4) Idiotização Coletiva (2) Igreja (29) Igreja de Cristo (10) Igreja Denominacional (1) Igreja Física (4) Igreja Institucional (11) Igreja Instituição (85) Igreja local (1) Igreja no Lar (6) Igreja Perfeita (1) Igreja Regular (1) Igrejado (1) Igrejas (9) Igrejas Evangélicas (7) Igrejas nos Lares (1) Igrejolas (5) Igrejotas (1) Imunidade tributária (1) Inimigos (1) Instituição (1) Instituições Religiosas (19) Inteligência (1) Invenção (1) Ira (1) (1) João Batista (1) Judas (1) Julgar (1) Justiça (1) Justificação (1) Laço (1) Lacraias religiosas (1) Lar (1) Legalismo (2) Lei Mosaica (1) Liberdade (2) Libertinagem (1) Lideranças Eclesiásticas (15) Lideres Religiosos (2) Liturgia (2) Lobos (1) Lugar Apelidado de igreja (3) Luteranos (1) Mãe (1) Malafaia (1) Males (1) Mamom (1) Manipulação (1) Martinho Lutero (1) Mediador (1) Medo (2) Membros (1) Meninos na Fé (2) Mentira (7) Mentiras (19) Milagres (1) Missionários (2) Morte (1) Mulher (1) Murmuração (1) Música (1) Nascediço (1) Nascimento (1) Natal (5) Natalis Invicti Solis (1) Neotestamentário (1) Nicar (1) Nomes e Placas (1) Normas (1) Nova Aliança (5) Obediência (1) obreiros (1) Obstáculo (1) Ofertas (5) Oportunistas (1) Oração (1) Organização (1) Ovelhas (1) Paganismo (1) Palavra de Deus (3) Pão da Vergonha (1) Pão do Céu (1) Papai Noel (1) Pareidolia (1) Páscoa Católica (1) Pastor (1) Pastores (9) Paz (1) Pecado (1) Pecúlio (1) Pentecostais (2) PhD (1) Placas (1) Pobres (2) Prédios (1) Presbiterianos (1) Presentes (1) Prisão (1) Prodígios (1) Profano (1) Profetas (1) Protestantes (2) Psicanálise (1) Psicopatologia (1) Púlpitos (1) R.R. Soares (1) Reconciliação (1) Record (1) Reembolso (1) Reforma (1) Reformados (1) Regras (1) Religião (1) Religiões (5) Religiosidade (3) Religiosos (6) Reuniões (2) Reuniõres (1) Riquezas (1) Rituais (1) Ritual (1) Roubo (1) Sabedoria (4) Sacerdócio (2) Salvação (2) santidade (2) Santidade Mórbida (1) Santificação (2) Sara (1) Sarai (1) Saturnália (1) Secular (1) Servos (2) Silas Malafaia (1) Simpatia (1) Sinais (1) Sistema Religioso (5) Sistematização (1) Sofisma (46) Sofismas (1) Sofismo (1) Templo (3) Templos (11) Teologia (5) Teologia da Prosperidade (1) Títulos (1) Títulos Eclesiásticos (2) Tolerância (1) Tolices (1) Tradições (5) Unção (1) União (1) Usos (1) Valdemiro Santiago (1) Verdade (27) Verdades (1) Vida (2) Vida Eterna (3) Vitória em Cristo (1) Vitória Financeira (1) Zombar (1)