setembro 01, 2016


Desmistificando HEBREUS 10.25

[63,210]


Contexto bíblico Hebreus 10:

"Não deixando a nossa congregação, como é costume de alguns, antes admoestando-nos uns aos outros; e tanto mais, quanto vedes que se vai aproximando aquele dia."

Por todas as vezes que afirmamos ter deixado de frequentar as igrejas instituições, sempre aparece os que dizem que não podemos deixar as congregações, entretanto, estes querem usar o termo "congregações" como se e somente se, for relacionado às instituições religiosas apelidadas de 'igrejas' ou congregações evangélicas:

  • Dizem que não podemos deixar de frequentar as congregações evangélicas por que é somente nelas que há comunhão e salvação;
  • Dizem que não podemos deixar de frequentar as congregações evangélicas por que é somente nelas que encontramos a hipotética cobertura espiritual de um líder religioso que é ungido do 's'enhor;
  • Dizem que não podemos deixar de frequentar as congregações evangélicas por que é somente nelas que podemos entregar nossas dádivas chamando-as de 'dízimos' esperando que se por ventura DEUS vai abençoar esta barganha;
  • Dizem que não podemos deixar de frequentar as congregações evangélicas por que é somente nelas que mantemos acessa a chama do primeiro amor.

Pois bem, diante todas estas inverdades infundadas na Palavra de DEUS, usando do isolamento de versículo do contexto em epígrafe, vamos então cessar o caráter místico, quiçá misterioso da conjuntura do substantivo feminino "congregação", que pela Palavra não se refere a um 'local' ou 'lugar' (denominação evangélica) e sim, o ato de congregar, de se reunir, de se ajuntar em nome de CRISTO [Mateus 18];

Estabelece-se, portanto, em relação ao versículo litigioso Hebreus 10.25, é propenso, predisposto em afirmar que, o autor jamais, nunca teve inspiração divina [2Timóteo 3] em desconfigurar o termo do substantivo feminino "congregação" e se referir em pretexto inverídico a um 'lugar' ou uma 'instituição'.

Assim sendo, despojando daquilo que se engana, desmascara e revelado pelo contexto em epígrafe incitar meditação (leitura) a partir do 1º ao 27º versículo, e então, a Palavra de DEUS nos revela que, o autor aos hebreus, tão somente fala concernente à lei que Moisés trouxe ao povo de Israel (povo terreno de DEUS) e da graça que CRISTO consumiu na cruz.

Reverbera-se o entendimento, por divina inspiração, que o texto de Hebreus 10.1-27 nos traz o contexto de que o autor refere-se única e em verdade a que, os hebreus que estavam "deixando a nossa congregação", estariam deixando a graça de CRISTO em prol a praticarem, viverem sob  a lei mosaica (lei traga por Moisés a Israel), e jamais se refere a um ou outro lugar com título denominacional.

Corroborando o texto bíblico ao entendimento aqui exposto, temos a interpretação do que hoje presenciamos no meio protestante, é inexorável a briga pelo poder em insinuar como a suposta 'verdadeira' igreja, pela briga da maior fatia pelo tesouro da membresia, fazem-se de coitados, porém, fazendo presas, criando prisões, laços, obstáculos, cadeias, cárceres religiosos, em detrimento ao arrependimento, pois, e conversões, para que sejam apagados "pecados, e venham assim os tempos do refrigério pela presença do SENHOR" [Atos 3]!!



Porque dELE e por ELE, e para ELE, são todas as coisas; glória pois, a DEUS eternamente;
Nos interesses da Igreja que CRISTO edificou. Amém.

.

10 comentários:

Thales Martins disse...

Tenho o mesmo entendimento, porém o texto elaborado por vocês ficou um pouco confuso, o termo em questão se traduzido do original o termo "congregar" se caracteriza por "participar das reuniões", ou seja, no texto original o trecho fica: "Não faça como é costume de alguns que deixam de participar das reuniões". Portanto o que foi questionado no texto são os que deixavam de se reunir com os irmãos, e não os que deixavam de frequentar um templo apelidado de congregação, espero ter contribuído de alguma forma.

DESIGREJADOS™ disse...

.

Olá, Thales Martins.

A graça de CRISTO.

Sem dúvida, sua participação corrobora com meu texto.

Sim, os termos "congregar/congregação", é com relação às reuniões, ajuntamento de irmãos em CRISTO;

Outrossim, como afirmou, o contexto de Hebreus 25 nos dá o testemunho que o autor estava se referindo aos que deixavam "de participar das reuniões";

E, conforme meu texto, e ao mesmo tempo, o autor de Hebreus, testifica dos que deixavam as congregações (as reuniões) para voltar aos rudimentos da lei mosaica;

Com relação ao que afirmei sobre os que "deixam de frequentar um templo apelidado de congregação", está relacionado aos que nos confrontam por que saímos dos templos, saímos das igrejas institucionalizadas, e para isto, eles alegam que estamos "deixando a congregação", usando o termo "congregação" de forma a ser uma instituição, e não pelo contexto que vc também afirmou: "participar das reuniões".

DEUS te abençoe, e por sua gentil visita e colaboração.

...
..
.

Alfredo Elias Carvalho Fernandes disse...

Quem prática provérbios 18.1 deixa de praticar hebreus 10.25

DESIGREJADOS™ disse...


Alfredo Elias Carvalho Fernandes,

Onde vc conseguiu ler que estou apregoando isolamento????

..
..
.

Anderson Oliveira disse...

Amigo, concordo com tua tradução, congregação não é uma instituição, porém como você imagina congregar sem uma instituição?
Isso é igual dizer que eu sou uma pessoa mas não tenho pátria, ou seja, é impossível ser uma pessoa ser pertencer a um país. Você seria um país sozinho? Creio que não.
Como você quer congregar ser ser em alguma igreja???
Conheço muitos com a mesma opinião tua e todos, sem exceção, não querem mais congregar por que acham defeitos nas "instituições".
O fato é que onde houver pessoas vai haver defeitos e coisas erradas, nenhuma instituição é perfeita pois é formada por pessoas imperfeitas.
E você é perfeito assim? Quem não tem pecados atire a primeira pedra.
Congregue e faça como Jesus nos ensinou, seja você a luz e o sal dentro e fora da congregação e olhe somente pra Jesus o único perfeito e Santo.
Quanto ao dízimo, faça como quiser pois é uma decisão pessoal ajudar a igreja e dar tem que ser de coração e não por obrigação.
Deus te abençoe!

DESIGREJADOS™ disse...


Anderson Oliveira,

Onde vc consegue encontrar na Bíblia que a Igreja de CRISTO é uma instituição religiosa criada por homens??
O Igreja de CRISTO é orgânica e não uma organização com registro civil, são pessoas (imperfeitas)...
Portanto, se vc não entendeu, explico:
EU NÃO PERTENÇO A NENHUMA INSTITUIÇÃO RELIGIOSA (apelidada de 'igreja') CRIADA POR HOMENS (que não é um país como vc exemplificou), EU PERTENÇO A IGREJA DE CRISTO (a qual nos leva a PÁTRIA CELESTIAL).

Espero ter elucidado seu equívoco, obrigado por participar.

.

Anderson Oliveira disse...

Amigo DESIGREJADOS™, obrigado primeiramente por responder. Isso demonstra que és um homem que aceita o diálogo.
Você comentou em sua resposta que eu tive um "equívoco", mas não foi esse o caso.
Você fala que "Igreja de CRISTO é orgânica e não uma organização com registro civil, são pessoas (imperfeitas)...", concordo plenamente, mas não é esse o ponto que eu coloquei na minha explanação, talvez não tenha eu sido claro o suficiente.
O que me refiro é que a Bíblia é clara em dizer que devemos nos reunir como igreja de Cristo (Atos 2:41-47, Lucas 4:14-16, Atos 14:21-27, Efésios 4:10-12, 1 Timóteo 3:2-4, 1 Timóteo 3:8-10, Hebreus 13:17) e muitos outros...
A questão de a igreja/instituição não ser o que Jesus tinha em mente,
concordo plenamente com você, mas é um mal necessário, por assim dizer, pois imagina a bagunça que seria se simplesmente os cristãos se reunissem sem um líder, sem uma regra, sem um local organizado? E outra, como alguém pregaria o evangelho? Alguém receberia os necessitados em sua própria casa? Faria as visitas pastorais?
Eu ajudo meu pastor e só de ajudar já me arranco os cabelos as vezes pois cuidar das pessoas não é nada fácil, quem já pastoreou alguma alma sabe o que eu falo, é um trabalho árduo.
O ponto então é esse, instituição é necessária, porque vivemos em um mundo em que dinheiro é necessário, SUS é necessário, CPF é necessário, enfim instituições de modo geral são necessárias.

DESIGREJADOS™ disse...

.

Pois então, Anderson Oliveira,

Sem dúvidas que, o diálogo é salutar, e em especial quando se trata de DEUS.

Quanto ao seu equívoco, sim: “Como você quer congregar ser ser em alguma igreja???

Ora, quando e onde a Palavra de DEUS diz que para congregar ou reunir ou ajuntar-se com outros irmãos em nome de CRISTO tem que, se e somente se ser em alguma igreja instituição??!!

Vez que, não há nenhum contexto no evangelho ou orientação episcopal de Paulo da necessidade de instituição da Igreja de CRISTO, mesmo por que, o apóstolo saúda aos irmãos que se reuniam em seus lares [Colossenses 4; Romanos 16; 1Coríntios 16].

Lembrando-te que, nós não somos contra as pessoas que querem se reunir nas igrejas instituições, nosso embate e antipatia é quanto aos ensinos equivocados, deturpados, ‘mercenarizados’, em fins lucrativos que se é explorado nestas igrejas instituições.

Além de seu outro equívoco, agora, quando diz que: “me refiro é que a Bíblia é clara em dizer que devemos nos reunir como igreja de Cristo”...

Ora, ora, ora, e quem disse que nós, desigrejados não nos reunimos como Igreja de CRISTO??
Acima, pelo contexto bíblico já mencionei, afinal, em este blog vc não vai encontrar nada que seja contrário a que nos reunimos, congregamos ou ajuntamos em nome de CRISTO, como Igreja.

E volto a afirmar, seu ponto da necessidade da “instituição” não é o mesmo meu, pois quê, instituições exigem manutenção, gastos e, no evangelho e epístolas de Paulo nada se fazem referência a “cobrança” ou liberalidade de “ofertas” para manutenção de locais para organização, instituições, antes, nas congregações/reuniões/ajuntamento de irmãos as ofertas sempre foram para ajuda aos pobres e necessitados [2Coríntios 9.7-11], e é neste sentido que nos reunimos em nossos lares, pois quê, neles já pagamos para manutenção, energia, água, impostos...
... como o relato em Atos 4, quando os irmãos vendiam suas propriedades e tudo era dividido entre os que mais necessitavam, e certamente este contexto bíblico não faz menção da necessidade de manutenção de igrejas instituições, e sim, o amor ágape.

Pelo momento, obrigado por sua participação.
James

.

Anderson Oliveira disse...

Obrigado pelas respostas amado irmão. Novamente, queria entender então porque há inclusão na Bíblia de pastores, apóstolos, diáconos, presbíteros... se isso não é organização não sei o que é. E já sei que vais dizer que isso não são cargos institucionais mas sim ministeriais, contudo, não é o que parece, pois a questão de reuniões nos lares era por causa da perseguição e não por opção.
Noto que o fato mais discutido é o dinheiro, visto que, não tendo uma igreja/instituição, não há necessidade de dizimar ou ofertar. Contudo se referes ao fato de distribuir aos pobres. Pois bem, quando quem não tiver igreja/instituição começar a "ofertar/dizimar" aos pobres e pregar o evangelho, ai sim vou crer nesse formato, até lá continuo crendo que as igrejas/instituições são necessárias.
Contudo, sim, eu concordo com você, quanto ao ‘mercenarizados’, mas isso só me faz pensar no que a Palavra de Deus diz: "Mas se alguém fizer tropeçar um destes pequeninos que crêem em mim, melhor lhe seria amarrar uma pedra de moinho no pescoço e se afogar nas profundezas do mar.
"Ai do mundo, por causa das coisas que fazem tropeçar! É inevitável que tais coisas aconteçam, mas ai daquele por meio de quem elas acontecem!
Mateus 18:6,7
Enfim, nossos entendimentos são diferentes mas só Deus que conhece o intimo julgará. Existe espaço para todas as pessoas que buscam a Deus de coração integro mesmo membrando-se ou não numa igreja/instituição. Nenhum homem cabe julgar isso com certeza.

DESIGREJADOS™ disse...

.

Irmão Anderson,

Então vamos, que o debate está ficando bom e bem construído:

1º... a inclusão de “pastores, apóstolos, diáconos, presbíteros” ao nosso entendimento, refere-se aos dons, e certamente não são cargos, e podemos ver que Paulo diz destes quando se refere ao ajuntamento dos irmãos em 1Coríntios 14:
Que fareis pois, irmãos? Quando vos ajuntais, cada um de vós tem salmo, tem doutrina, tem revelação, tem língua, tem interpretação. Faça-se tudo para edificação

Lembrando que Efésios 4, quando faz menção a estes, refere-se ao “aperfeiçoamento dos santos, para a obra do ministério, para edificação do corpo de CRISTO” e não à institucionalizar a Igreja.

Com um agravante de que, em ambos os contextos Paulo faz ênfase sempre à EDIFICAÇÃO da Igreja.

Quanto as reuniões nos lares, lembre-se que, Pedro e João anunciavam o evangelho nas escadarias do templo de Jerusalém, e salvo contrário, a organização de “igreja” em instituição e construção de templos foi obra de Constantino, não dos cristãos.

2º... a questão “dinheiro” não é de nossa parte, haja visto que, ele é pedido todos os dias nas igrejas instituições.

Entretanto, creio que o irmão não tem conhecimento, e, por conseguinte, condena quem não frequenta igreja instituição, no caso, nós desigrejados, a que “nunca” chegamos aos pobres e necessitados, para ajuda e pregação do evangelho, temos esta preocupação.

Porquanto, pode crer, os desigrejados, sim, vivem conforme tenho lhe explicitado, anunciando o evangelho, fazendo coletas conforme 2Coríntios 9.7-11 para ajuda aos pobres e necessitados, aliás, ajuda aos pobres e necessitados são raras as vezes que podemos ver as igrejas instituições praticarem (inclusive o RRSoares disse que esta pratica é questão de governo e não de instituições religiosas, rsrs).

Inclusive, praticar os dízimos é interessante pelos membreiros das igrejas instituições, ao meu ponto de vista são mesquinhos quando dizem devolver a DEUS... rsrs... devolver apenas 10% ao SENHOR!!

3º... Enfim, como eu já disse, nada temos contra quem quer se reunir em igrejas instituições, apenas entendemos que em função delas há um custo desnecessário (sem deixar de mencionar sobre os ensinos contraditórios com base nas Escrituras), e sim, DEUS é quem julga o coração do homem, nós apenas devemos julgar segundo a reta justiça.

Abraços fraternos,

.

Marcadores

2013 (1) 2014 (1) 25 de dezembro (2) 613 preceitos (1) Abraão (1) Abrão (1) aC (1) Agar (1) Água (1) Ajudadora (1) Alegoria (1) Alianças (5) Alodoxafobia (1) Altar (2) ALTÍSSIMO (1) Alzheimer (1) Amor (3) Amor de Cristo (1) Anorexia Religiosa (1) Antiga Aliança (7) Antigo Testamento (1) Apofenia (1) Apostasia (1) Apóstolos (2) Arminianos (1) Arrependimento (1) Assalto (1) Átrio (1) Autoridade (2) Bancos (1) Barganha (2) Batismo (2) BBB (1) Bebedeira (1) Benesses (2) Beréia (1) Bezerros de Ouro (1) Bíblia (8) Bispas (1) Bispos (2) Brumália (1) Bullying (1) Cabeça (1) Cabresto (2) Cadeia (1) Calvinistas (1) Campanhas (2) Cárcere (1) Cargos hierárquicos (1) Carlos Henrique Abrão (1) Cartilha (1) Casa de DEUS (1) Casas (1) Católica (2) Catolicismo (1) Católicos (11) Ceia (1) Censo 2010 (1) Céus (1) Choramingões (1) Ciência (1) Clero (1) Cobertura Espiritual (4) Código Civil (1) Coisas Futuras (1) Comércio (1) Comilança (1) Comunhão (2) Concílio de Nicéia (1) Congregação (18) Congregações (4) Congregar (8) Conhecimento (6) Construções (1) Contextualização (1) Contribuições (1) Convencidos (2) Convencimento (2) Conversão (2) Convertidos (2) Coração (1) CORDEIRO de DEUS (3) Corpo de Cristo (1) Correntes (1) Corrupto de Entendimento (1) Costumes (1) Crendice (14) Crendices (63) Crente (5) Crentes (88) CRIADOR (1) Cristianismo (4) Cristo (2) Criticar (1) Cruz (1) Culto (1) Cultos (1) D'us (1) dC (1) Déjà Vu (1) Denominação (1) Denominações (5) Desafio (1) Desembargador (1) Desigrejado (6) Desigrejados (71) Desigrejar (3) Desviado (1) Desviados (2) Deus (5) Dia (2) Dia das Mães (1) Dinheiro (1) Direitos Autorais (1) Discípulo (1) Ditadores (1) Divindade (1) Dizimista (1) Dízimos (25) Dogma (22) Dogmas (13) Dons (1) Dores (1) Doutores (1) Doutrina de Cristo (4) Doutrina dos homens (5) Doutrinas (3) Dúvidas (1) Edir Macedo (1) Efésios 4.11 (2) Ekklēsia (11) Encontro Social (1) Energia (1) Engano (9) Enganos (1) Engodo (2) Enriquecer (1) Ensino (3) Ensino Religioso (3) Entendimento (9) Episcopado (1) Equívocos (1) Erro (1) Escravidão (1) Escribas (1) Escrituras (1) Espelho (1) Espíritas (2) Espírito Santo (3) Essek William (1) Estudos (2) Eterna (1) Eucaristia (1) Evangelho (4) Evangélico (3) Evangélicos (132) Evangelização (1) Expiação (1) Fábulas (1) Falsidade (1) Família (1) Fanfarrão (1) Fariseus (1) Farra (2) (1) Festa dos Tabernáculos (1) Feudos (1) FGV (1) Fiéis (1) Filosofia (2) Finanças (1) Fogo (1) Formalismo (1) Fraude (1) Frutos (1) Fundamentalismo (2) Ganância (1) Gentios (1) Globo (1) Glória (2) Gospel (2) Graça (2) Hebreus 10.25 (1) Hebreus 13.17 (1) Hebreus 13.7 (1) Hipocrisia (2) História (1) Homem (1) Honra (2) Humildade (1) IBGE (1) ICAR (4) Idioscópico (1) Idiotização Coletiva (2) Idolatria (1) Igreja (29) Igreja de Cristo (10) Igreja Denominacional (1) Igreja Física (4) Igreja Institucional (12) Igreja Instituição (91) Igreja local (1) Igreja no Lar (6) Igreja Perfeita (1) Igreja Regular (1) Igrejado (1) Igrejas (9) Igrejas Evangélicas (7) Igrejas nos Lares (1) Igrejolas (5) Igrejotas (1) Imagens (1) Imunidade tributária (1) Inimigos (1) Instituição (1) Instituições Religiosas (19) Inteligência (1) Interpretação (1) Invenção (1) Ira (1) (1) João Batista (1) João Calvino (1) João Ferreira de Almeida (1) Judas (1) Julgar (1) Justiça (1) Justificação (1) Laço (1) Lacraias religiosas (1) Ladrão (1) Lar (1) Legalismo (2) Lei Mosaica (1) Liberdade (2) Libertinagem (1) Lideranças Eclesiásticas (16) Lideres Religiosos (3) Liturgia (2) Livros (1) Lobos (1) Lugar Apelidado de igreja (3) Luteranos (1) Lutero (1) Luz (1) Mãe (1) Malafaia (1) Males (1) Mamom (1) Mamon (1) Manipulação (1) Martinho Lutero (1) Mediador (1) Medo (2) Membros (1) Meninos na Fé (2) Mentira (7) Mentiras (19) Mercenário (1) Milagres (1) Missionários (2) Morte (1) Mulher (1) Murmuração (1) Música (1) Nascediço (1) Nascimento (1) Natal (5) Natalis Invicti Solis (1) Neotestamentário (1) Nicar (1) Nomes e Placas (1) Normas (1) Nova Aliança (6) Obediência (1) obreiros (1) Obstáculo (1) Ofertas (6) Oportunistas (1) Oração (1) Organização (1) Ovelhas (1) Paganismo (1) Palavra (1) Palavra de Deus (3) Pão da Vergonha (1) Pão do Céu (1) Papai Noel (1) Pareidolia (1) Páscoa Católica (1) Pastor (2) Pastores (11) Paz (1) Pecado (1) Pecúlio (1) Pentecostais (2) PhD (1) Placas (1) Pobres (2) Prédios (1) Presbiterianos (1) Presentes (1) Prioridade (1) Prisão (1) Prodígios (1) Profano (2) Profetas (1) Prosmeiro (1) Protestantes (2) Psicanálise (1) Psicopatologia (1) Púlpitos (1) R.R. Soares (1) Reconciliação (1) Record (1) Reembolso (1) Reforma (2) Reformados (1) Regras (1) Religião (1) Religiões (6) Religiosidade (5) Religiosos (6) Reuniões (2) Reuniõres (1) Riquezas (1) Rituais (1) Ritual (1) Roubo (1) Sabedoria (4) Sacerdócio (2) Salvação (2) Santa Ceia (1) santidade (2) Santidade Mórbida (2) Santificação (3) Sara (1) Sarai (1) Saturnália (1) Secular (1) Semente (1) Servos (2) Silas Malafaia (1) Simpatia (1) Sinais (1) Sistema Religioso (5) Sistematização (1) Sites (1) Sofisma (48) Sofismas (2) Sofismo (1) Sombra (1) Templo (4) Templos (12) Teologia (8) Teologia da Prosperidade (1) Teologias (1) Títulos (1) Títulos Eclesiásticos (2) Tolerância (1) Tolices (1) Tradições (6) Traduções (1) Unção (1) Ungidos (1) União (1) Usos (1) Valdemiro Santiago (1) Verdade (28) Verdade Histórica (1) Verdades (1) Vida (2) Vida Eterna (3) Vitória em Cristo (1) Vitória Financeira (1) Zombar (1) ἐκκλησία (1)